Como educar um cachorro: dicas de adestramento para pets

Como educar um cachorro: dicas de adestramento para pets

Não Por jaime

Ao adotar ou comprar um cachorro, é sempre importante ensiná-lo algumas coisas básicas, como não fazer suas necessidades em qualquer lugar. Conforme ele cresce, pode demonstrar certa agressividade, o que pode colocar em risco o bem-estar dos seus tutores e das pessoas em volta e, outra vez, o adestramento de cães torna-se necessário.

Sempre que o assunto é como educar um cachorro, automaticamente fala-se em adestramento de cães porque as duas coisas são sinônimas. O processo para ensinar o pet é até simples, mas o segredo para o sucesso é conhecer as características emocionais e ser persistente.

 

Curso de adestramento de cães – vale a pena?

 

O treinamento para cachorro precisa ser bem planejado para que dê resultado:  a metodologia tem de ser adequada para aquela raça, para aquilo que se quer conseguir e considerar o ambiente no qual o pet vive. Devido a tudo isso, é importante que o tutor procure por um adestrador de cães qualificado.

Esse adestrador é uma pessoa que estudou comportamento animal e que aprendeu mecanismos de recompensa para que o cachorro se disponha a seguir o que é desejado. No entanto, o próprio tutor também pode fazer um curso de adestramento de cães.

O curso é feito em lugares especializados e existem alguns sites que também o ministram virtualmente. Com quantidades diferentes de carga horária, é importante salientar que eles não servem para formar adestradores, mas sim para dar orientações básicas a quem deseja adestrar o seu próprio cachorro.

Apostar em um curso desse tipo vale a pena porque a pessoa que tem mais de um cachorro poderá aplicar as técnicas de adestramento de cães sempre que quiser, sem depender da contratação de um adestrador profissional. Inclusive, caso adote outro pet mais para frente, poderá aplicar as técnicas. No entanto, vale reforçar: ela não será um adestrador.

 

Adestramento de cachorro: quais são as principais dicas?

 

O adestramento de cães, na teoria, é simples e a primeira dica é ter sempre alguns petiscos à disposição: eles podem ser frutas ou os petiscos industrializados, tudo depende daquilo que o cachorro gosta mais. No entanto, não se deve abusar dos bifinhos: quem treina o cão todos os dias deve aproveitá-lo para oferecer opções mais saudáveis a ele também.

Outra dica é solicitar que as demais pessoas da casa também colaborem com o adestramento. Se o cachorro está aprendendo a não fazer xixi no lugar errado e ele faz, não se deve recompensá-lo e todos os que convivem com o pet devem estar cientes disso.

Os castigos nunca devem ser aplicados: deixar o cachorro sem comer, por exemplo, ou gritar com ele. O não oferecimento de petiscos e de palavras positivas já é suficiente para que o cão “identifique” que a sua atitude não está apropriada.

Apesar de não ser necessário (e nem recomendado) gritar com o cachorro, a voz firme de comando não deve ser esquecida. O “não” falado ao animal quando ele está fazendo algo errado precisa ser sem qualquer hesitação.

Para ler mais artigos como esse acesse nosso blog!

 

No votes yet.
Please wait...
Voting is currently disabled, data maintenance in progress.